Uma longa viagem…

Viagem…  Essa era a palavra de ordem nos anos 70! Seja viagem de carona,  viagem pelo mundo afora, viagem astral, viagem de Cogumelos, LSD, Ayausca, Marijuana… Viajar era preciso! E era “preciso estar atento e forte”…  Pra não dançar!  Na mão dos “home”  ou dos homens.  Pra não dançar na propria viagem. Ir e não voltar nunca mais. Pra não dançar de bobeira,  ser engolido pelas sensações, lisérgicas, alucinantes, caleidoscópicas, transcendentais.  Pelas descobertas, pelo descortinar de segredos, mistérios,  verdades esquisitas e afins…  Mas o lance é que nessas andanças muita gente dançou. A dança dos Derviches, a dança de Shiva, a dança dos anjos, a dança da ditadura,  na mão dos “home”. .. Ou a dança das drogas, essa que  é sedutora, saborosa, que a gente viaja e não volta nunca mais… Mas quem é vivo corre perigo! “É preciso estar atento”…

Anúncios

2 Comentários

  1. Rita Baiana said,

    dezembro 10, 2011 às 4:15 pm

    Um filme de Lúcia Murat, que vale a pena assistir…

  2. shirleyboamorte said,

    dezembro 13, 2011 às 8:15 pm

    Quero verrr…


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: