Beatles…

Creio que tudo sobre os Beatles já tenha sido dito e quase não há mais nada a acrescentar.
Mas também quero deixar meu registro… Que seja piegas, lugar comum, insignificante… que seja uma prosa desnescessária… Mas ainda assim, eu falo!
Pra mim, Os Beatles, foram das poucas bandas, que teve uma trajetória dentro da trajetória, tipo aquela história: Um filme dentro do filme… Não sei se me expliquei direito, se é isso mesmo que quero dizer…
Os Beatles, no seu caminho pelo universo, vivenciaram fases que foram da adolescencia a maturidade, de uma maneira forte, arrebatadora, que refletiu nos seus acordes, na sua estética, no seu comportamento… E a gente de cá observando, acompanhando, saboreando… Os Beatles não foram uma banda pronta, (embora fosse essa a intenção…) com mudanças sutis e amadurecimento adequado. Os Beatles foram um turbilhão de emoções, amadurecimento temporão,  sentimentos,  descobertas,  experiências, metamorfoses… E ao longo do curto caminho, destilaram infinitas porções mágicas que nos pulverizaram para todo sempre!beatles

Anúncios

Cuba-Libre e serenata

cubalibre1

Uma dose de rum, umas rodelas de limão, coca-cola e gelo… Cuba-Libre!
Não sei se era o universo de possibilidades e charme imbutidas no nome, substantivo composto, uma certa imponência com sotaque latino… O fato é que durante uns anos essa era a bebida preferida da galera, na década de 70.
Cuba-Libre! Já deu coragem e ressaca pra muita gente…
E serenta? Quem nunca fêz ou recebeu uma? Quem nunca foi surpreendido na madrugada pelo som dum violão cheio de acordes apaixonados? E na manhã seguinte, flagrou, junto do meio-fio uma garrafa vazia de rum merino, umas garrafinhas de coca-cola, rodelas esbagaçadas de limão, tocos de cigarro…