“O mundo é pequeno pra caramba”…

Mundo pequeno, mundo imenso, mundo sem dono, mundo cão…
Mundo cruel, mundo doente, mundo cigano, mundo vilão!
Mundo ligeiro, mundo lindo, mundo livre, mundo adverso, mundo perverso…
Mundão!
Mundão véio sem porteira, sem fronteira, sem eira nem beira…
Mundão de nós todos. De todas as tribos, de todas as línguas, de todos os povos,
de todas as raças, de todas as cores, e sabores, e odores. Mundão de todas as dores e dissabores. De Déboras, de Dolores, de frutas, de drosófilas, de filas enormes, de ilhas, de oceanos, de vulcões, florestas,desertos… De desertores, ladrões, santos, profetas… De darks, punks, gays, neohippies, mochileiros, internautas, donas de casa, crianças, cristãos, mulçumanos, caretas, loucos, profanos…
Mundão de um tudo! Mundo desmundo! “mundo fantasmo”, mundo mágico, desumano… Mundo fantástico, mundo caótico. Mundo tirano!
Mundo novo, mundo velho, mundo mãe, mundo, um ovo! Mundo, um moinho… Mundo, mundo, mundo…

Anúncios

1 Comentário

  1. Bianca said,

    março 11, 2009 às 6:51 pm

    MUNDO PEQUENO…
    MUNDO GRANDE…
    NÃO IMPORTA O TAMANHO…
    ELE SEMPRE TE ABRANGE!

    ESSE POEMA FOI COMPOSTO POR MIM MESMA.
    SÓ TENHO 11 ANOS.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: