Across the Universe…

A marcha da maconha!

Resquícios dos anos 70… Foi nessa década que o uso da marijuana tornou-se popular entre os jovens, os artistas… Embora essa planta seja usada a séculos e séculos, assim como várias outras, consideradas “alucinógenas”, mas muito menos populares.

A maconha tem sido assunto de discussão pelas sociedades de vários países, nesses últimos anos. Uma discussão polêmica, que envolve muitas questões, como violência, tráfico, saúde, igreja, política, comportamento, etc, etc.

Mas deixando essas questões a parte, toda e qualquer sociedade, tem seus aditivos que promevem a expansão da conciência, ou pelo menos um estado de euforia ou letargia, que os tire da realidade por alguns momentos. Que seja álcool, tabaco, ópio, santo daime, coca-cola, café, açúcar, jurema ou apenas um terço católico ou budista, ou um mantra ou um hino ou canabis ou seja lá o que for.

E deixando as discussões mais profundas que envolvem esse assunto polêmico, novamente á parte… Lembremos apenas de uma coisa muito simples, que é o direito que temos sobre nosso corpo. De colocar botóx, silicone, aos litros, no peito, na bunda… Comer todos os venenos plastificados que nos são oferecidos em lanchonetes multinacionais, experimentar todas as panacéias lançadas pelas indústrias das drogas legalizadas e que muitas vezes alguns meses depois são retiradas do mercado devido aos maléficos e devastadores efeitos colaterais. E as propagandas maravilhosas da cerveja da hora, que adornam nossas tevês… Com suas mulheres lindas e nuas, para as quais, abrimos nossas portas… E daí?

E lembremos também que na história já houve tantas coisas do tipo: “caça às bruxas”… “Lei seca”… Que a capoeira e até o samba já foram proibidos. Adultério, homossexualismo, comunismo… Nem se fala!

A sociedade muda, os costumes também mudam… Ainda bem!

A proibição ao uso da maconha com certeza gera a violência, gera uma economia paralela produzida pelo tráfico, gera corrupção policial… E nem diria curiosidade exacerbada em experimentar a substância, porque a popularidade do seu uso já nem permite tal curiosidade. Em qualquer família Brasileira com certeza tem no mínimo um usuário desse aditivo. Esse… que nos permite por alguns momentos sair da realidade que nos cerca e experimentar uma sensação de leveza, como quando rezamos nosso terço…